Notícias

O Ano que se iniciou e não terá um fim!

2020 chegou ao fim.... Mas, que fim? Se não o sentimos, se não vivemos, se não o tivemos?

A população Brasileira em especial, os Cariocas, são pessoas acolhedoras, carismáticas, porque não dizer beijadoras!

Como viver um ano em que se cumprimenta com soquinho, cotovelada ou chutinho!

Como comemorar sem emprego, sem entes queridos perdidos, partidos?

Será mesmo que vivemos o ano de 2020? Um ano que teve apenas dois meses? Janeiro e Fevereiro?

Tivemos um ano que viveu um quadro de coma. Esteve no calendário mundial, ou seja, existiu! Mas, não se viveu. Vegetou, foi um ano inerte!

Como se respirasse por aparelho e na verdade foi, não é mesmo!

Perdemos nosso direito de ir e vir, perdemos pessoas que amávamos, perdeu-se empregos, perdemos empresas e empreendimentos, alguns perderam até a fé em Deus! E a esperança de viver, que caos!

Mais as eleições aconteceram, a briga pelo poder na câmara dos Deputados Federal e Senado começou. Isto prova que você, eu a população, o ser humano é o que menos importa!

O que emana é o poder! Não falo aqui mau da política não. Porque á vivemos todos os dias e todos os momentos em nossas vidas! Esta troca de mensagem como reflexão é uma forma de política!

O problema são as pessoas escusas e o caráter delas, que praticam a políticas públicas. São os seus interesses o problema!

E nisto estamos encerrando um ano sem fim. Porque sem fim? Por que como é de comum não teremos o direito e nem o prazer de comemorar o ano que se iniciou e não terá um fim!

Orlas fechadas, transportes encerrado antes do horário convencional e a não permissão de você acessar os locais que estão fechados e os transportes públicos proibido de entrar.

Nosso desejo é que em 2021 possamos respirar sem o uso das mascaras ou ter que deixar de abraçar quem amamos!

Feliz 2021 para você!

Mensagem do Presidente